Connect with us

Notícias de Pagamento

Governo limita juros do rotativo do cartão e acaba com pagamento mínimo de 15% da fatura

Leandro De Andrade

Published

on

Medidas, aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), ocorrem um ano após entrar em vigor regras para uso do rotativo e devem ter reflexo nos juros do cartão.

block-type=”unstyled” data-block-weight=”24″ data-block-id=”1″>

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (26) novas mudanças que devem ter reflexo nos juros cobrados pelas operadoras de cartões de crédito.

Entre as alterações está a limitação no valor dos encargos em caso de atraso e o fim da exigência de pagamento mínimo de 15% da fatura para o cliente entrar no chamado “rotativo regular”.

As mudanças entram em vigor em 1º de junho e são anunciadas um ano após entrar em vigor as novas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito.

Desde abril do ano passado, o consumidor só pode fazer o pagamento mínimo de 15% do cartão por um mês. Na fatura seguinte, o banco não pode mais rolar a dívida. O cliente tem que pagar o valor total ou parcelar a dívida em outra linha de crédito, com o juro mais barato.

Antes dessa regra, o cliente podia pagar o mínimo da fatura por vários meses consecutivos, “rolando” a dívida. O problema é que o juro do cartão de crédito é um dos mais caros da economia e a dívida muitas vezes ficava impagável.

Uma das mudanças aprovadas nesta quinta pelo CMN foi a extinção do pagamento mínimo de 15%.

Isso significa que, a partir de agora, caberá às instituições a definição de um percentual mínimo de pagamento em cada fatura, de acordo com o perfil dos clientes e com a política de crédito de cada banco.

Rotativo não regular

Os clientes que optam por não fazer o pagamento mínimo e financiar o restante da fatura (rotativo regular) e ficam inadimplentes, acabam hoje no chamado “rotativo não regular”, em que as taxas de juros são mais altas.

A outra medida aprovada pelo CMN nesta quinta limita justamente os juros e encargos que o cliente está sujeito quando entra no rotativo não regular. A partir de 1º de junho, as operadoras de cartão deverão aplicar a mesma taxa vigente no contrato de crédito rotativo regular.

As únicas cobranças extras que serão permitidas pelo conselho, a partir de junho, são multa de 2% sobre o valor e juros de mora de 1% ao mês. Essas cobranças já são feitas hoje em dia.

Na prática, segundo o Banco Central, a taxa do rotativo não regular migrará para a taxa do rotativo regular. A decisão segue entendimento do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) de que as instituições não podem cobrar taxas além das definidas no contrato.

Portanto, pela nova regra, a taxa contratual, isto é, a taxa do rotativo regular, deverá ser mantida inclusive em situação de eventual inadimplência. A instituição não poderá, por exemplo, aplicar nova taxa em substituição – o que valerá é a taxa do rotativo regular, a multa (de 2%, paga uma única vez) e os juros de mora (de 1% ao mês).

As medidas passarão a valer já no dia 1º de junho deste ano. A norma estabelece que a alteração de limites de crédito e do percentual mínimo de pagamento deve ser comunicada ao cliente, com pelo menos 30 dias de antecedência.

Fonte: G1

Responsável pela comunicação do portal pagamento.me, apaixonado por marketing digital, mordido pela publicidade, metódico, realista, dedicado e pra sempre aprendiz.

Notícias de Pagamento

Emailage classificada entre as empresas que mais crescem na América

Redação Pagamento.me

Published

on

A Emailage, líder global em prevenção a fraudes e avaliação de riscos por e-mail, foi reconhecida como uma das pequenas empresas de maior crescimento nos EUA como parte da lista Inc. 5000.

Compilado pela revista Inc., de pequeno porte com sede nos EUA, a Emailage está classificada em 625 entre as empresas privadas que mais crescem e alcançaram um crescimento impressionante de receita nos últimos três anos. A Emailage aumentou sua receita em 100% no ano passado e em 802% desde 2014 – garantindo seu lugar entre as empresas privadas de elite dos Estados Unidos.

Esta é a primeira vez que a Emailage aparece na lista e representa um marco significativo na jornada da empresa – que viu expandir suas operações globalmente nos últimos anos. Mais recentemente, abriu e expandiu escritórios nas regiões da APAC e EMEA, ao mesmo tempo em que fez uma série de contratações importantes para fortalecer sua especialidade em prevenção a fraudes.

Rei Carvalho, CEO da Emailage, disse:

“Em um momento de considerável impulso para a Emailage, nossa classificação na lista Inc. 5000 é um verdadeiro incentivo para a equipe e reafirma que estamos levando o negócio na direção certa. Estamos orgulhosos de ser reconhecidos como um dos negócios que mais crescem nos EUA”

Desde sua fundação em 2012, a Emailage transformou o cenário de prevenção a fraudes adotando uma abordagem mais científica. Sua tecnologia exclusiva de pontuação de fraude preditiva aproveita o endereço de e-mail como base para a avaliação de riscos transacionais e a validação de identidade digital. A Empresa foi responsável por analisar US $ 180 bilhões em volume de transações e identificar mais de 17 milhões de transações de alto risco somente em 2017. Atualmente, a Emailage conta com cinco das dez maiores varejistas globais, três das cinco principais companhias aéreas globais e quatro das seis principais emissoras de cartões de crédito entre seus atuais clientes.

Continue Reading

Inovação

China amplia proibição de promover cripto além da capital

Leandro De Andrade

Published

on

O ataque contra cripto na China continua, a proibição de locais comerciais de hospedagem de eventos relacionados a cripto foi estendida para o Distrito de Desenvolvimento de Guangzhou, informou uma fonte de notícias local Jiemian em 29 de agosto.

O Distrito de Desenvolvimento de Guangzhou é uma zona econômica especial no sul da China, perto de Hong Kong. O Escritório de desenvolvimentismo financeiro do distrito divulgou um aviso sobre a nova proibição em 24 de agosto, alertando para a necessidade de “manter a segurança e a estabilidade do sistema financeiro”.

Conforme relatado na semana passada, a medida segue uma proibição quase idêntica imposta pela primeira vez aos locais no distrito de Chaoyang, em meados de agosto.

Neste mês a China dobrou seus esforços para reprimir o espaço doméstico de cripto. Uma série de novas medidas tem como alvo os canais de comunicação e outras “lacunas” através das quais os investidores chineses podem ganhar acesso a ofertas iniciais de moeda (ICO’s) e negociação de cripto.

Continue Reading

Inovação

PDVend compra PingoBox e mira liderança de PDVs móveis

Redação Pagamento.me

Published

on

A PDVend, fintech brasileira desenvolvedora de sistemas de gestão de vendas e administração para varejistas, anunciou a aquisição total da sua principal concorrente, a PingoBox. Com a movimentação, a companhia comprada será absorvida pela PDVend, que passa a ter operação única a partir de setembro.

“A aquisição e as movimentações no mercado são os primeiros passos de um projeto de consolidação da PDVend como líder no segmento de gestão de pontos de vendas móveis, que também vai passar pelo lançamento de novos produtos e a entrada definitiva em novos mercados essenciais para o plano de crescimento”, afirma Sávio Arruda, CEO da PDVend.

A movimentação garante à PDVend a expansão de 100% em sua base de usuários, ultrapassando a marca de 40 000 cadastros em todos os estados brasileiros. Além disso, a aquisição da rival vai permitir o aumento da capilaridade da tecnologia PDVend para novos segmentos do varejo, como o alimentício – hoje a marca tem forte presença nos segmentos como o de moda, por exemplo. A Pingobox chegou a ser adquirida anteriormente pela Cappta.

Os valores da aquisição ainda não foram divulgados.

innovation pay

Continue Reading
Advertisement A maior conferência do segmento financeiro

featured

Copyright © 2015 ~ 2018 Pagamento.me.