“Agora você pode enviar, pedir $, rachar contas, fazer vaquinhas, do mesmo jeito que fala com seus amigos. Criar seu perfil Superdigital é mais rápido que tomar um café. E não precisa ter conta em banco ou cartão de crédito.”

Essa é a proposta da Superdigital, app do Santander que herdou o produto Conta Digital/Conta Super do banco e que tem cara de fintech. Com cerca de 100 funcionários, o Banco lança um app em meio ao efervescente ambiente da tecnologia financeira no país.

Roxo? Foto: Reprodução: Superdigital

Superdigital

Ao invés de cobrar taxas administrativas, o app vai cobrar por meio de assinaturas.

Pelo app, disponível para IOS e Android, é possível pagar e rachar contas, fazer transferência via chat e ainda ter um cartão pré-pago. Mesmo quem não possui cadastro em nenhum banco pode carregar a sua conta digital em terminais de autoatendimento e as transações podem ser feitas em qualquer instituição financeira, além de conversão para 10 moedas.

O vídeo de lançamento do app lembra bastante as campanhas do Neon, que se comunica de uma forma muito direta com os novos consumidores. Assista abaixo.

O próprio vídeo acima é uma ofensiva às dezenas de app de pré-pagos que está pingando por aí. A meta do banco é ter 10 milhões de clientes. E atingir o break even em 12 meses. O projeto teve início em meados de Dezembro de 2016 – ponto positivo para o banco, que em poucos meses fez o lançamento. O principal executivo do negócio é Ezequiel Archiprete, que era diretor de produtos do Santander.

Vamos acompanhar de perto.